O Rio Guadiana

 Dizem que havia um pastor
antre Tejo e Odiana,
que era perdido de amor
per ua moça Joana.
(Bernardim Ribeiro,
Écloga de Jano e Franco)



O rio Guadiana nasce da designação que outrora os Romanos chamaram-lhe Ana( que significa pato) e os árabes acrescentaram-lhe Uádi (rio). Durante algum tempo foi conhecido por Odiana e hoje recebe o nome de Guadiana que significa o rio dos patos.  O rio Guadiana nasce na província espanhola de Albacete estendendo-se até vila real de Santo António, banhando assim inúmeros lugarejos com a sua riqueza ao longo da sua vasta extensão de 830 Kms.
 Observando as paisagens marcadas pela vegetação espontânea mediterrânica, a ruralidade das pequenas povoções, orlas de cultivo ribeirinhas e o estado de preservação dos “habitats” de muitas espécies animais, percebe-se que são o produto da relação milenar da comunidade local com o Rio Guadiana, e as sua zonas envolventes. Pelas suas características ambientais, ecológicas e paisagísticas, o rio e as suas ribeiras, margens e

povoações, constituem um elemento inestimável do património de alcoutim.

 

Ler 3083 vezes