Gastronomia

 

A gastronomia representativa desta localidade tem algumas influências da cozinha alentejana. Desde os queijos de ovelha e cabra, os chouriços e o presunto são bons representantes de entradas antes de passar ao prato principal.
Os legumes, a galinha eo borrego, a carne de porco, o pão, o vinho e as azeitonas são produtos que fazem parte da dieta do eum habitante desta zona.
Como não podia deixar de ser o rio que faz parte do modo de vida é ele que traz o sustento e o cariz destes pratos regionais, pois este contribui com enguias, lampreia, muge e o axigã, óptimos para comerem-se fritos ou no ensopado.
Tipicamente receitas nordestinas, apresentam-se pratos de gaspacho, sopas de grão e feijão; os guisados de javali; de caça ou sopas de lebre.
Na doçaria destacam-se os nougats; o bolo de amêndoa; bolos de sarrabulho; filhós de forma; canudo e joelho; empanadilhas; bolo de mel e cavacas.
Esta terra encantada de mouras também alberga uma boa produção de bebidas espirituosas de aguardente de medronho; figo; os licores e uma produção de vinho caseiro.

 

Ler 2437 vezes